ESPI foi destaque no Seminário da Política de Educação Permanente em Saúde

A superintendente da Escola de Saúde Pública de Iguatu (ESPI), Darrielle Gomes, participou como palestrante da mesa redonda intitulada: A Formação do SUS no contexto da Educação Permanente em Saúde no Ceará, no Seminário da Política de Educação Permanente em Saúde, promovido pela Secretaria da Saúde do Ceará, por meio da Coordenadoria de Gestão da Educação Permanente em Saúde. O evento aconteceu nessa quinta-feira, 31, em Fortaleza.

O objetivo do seminário foi promover o fortalecimento das Comissões de Integração Ensino-Serviço (CIES) no Ceará, com a avaliação das iniciativas de educação permanente em saúde. Na pauta do seminário estava o debate sobre as CIES e os Contratos Organizativos de Ação Pública Ensino Saúde (COAPES) para instrumentalização da Política Estadual de Educação Permanente em Saúde.

O COAPES é um dispositivo previsto na Lei do Programa Mais Médicos, que promove o processo de contratualização entre os serviços de saúde e as instituições de ensino, com o objetivo de fortalecer a integração entre ensino, serviços e comunidade.

Participaram do evento representantes das macro regionais de Saúde, gestores e educadores das instituiçōes de ensino superior, redes de escolas técnicas do SUS-RET-SUS, a Coordenadoria de Gestão de Educação Permanente em Saúde -SGEPS através da SECRETARIA de Saúde do Estado do Ceará -SESA.

Na ocasião, houve um encontro dos representantes das Quatro escolas técnicas do SUS do Ceará , localizadas em Fortaleza, Barbalha, Sobral e Iguatu.