Estudantes do município participam do primeiro Seminário de Teatro do Oprimido do Cariri

Nessa sexta-feira, 21, estudantes do Colégio Adahil Barreto participaram do primeiro Seminário do Teatro do Oprimido do Cariri (SETOCA), realizado no Centro de Artes da Universidade Regional do Cariri (Crato/CE), nos dias 19, 20 e 21 de setembro, na cidade Crato – CE, com a esquete teatral “O CIRCO QUE NÃO TEM GRAÇA NENHUMA”, sob orientação do professor de Artes, Luka Severo, e da Coordenadora Pedagógica, Dulce Ibiapina. Os alunos participantes foram: Antônio Neto, Samuel, Mariza, Valdimiro e Elen Melo.

O evento teve como objetivo o compartilhamento de saberes e ações entre pessoas e grupos interessados em transformar suas realidades com o Teatro do Oprimido (TO), o SETOCA é feito por cada participante que com suas “imagens, sons e palavras” contribuem para a construção de uma rede de comunicação entre todos que se interessam pelo TO na região Nordeste e outras regiões do país.

Organizado pela linha de pesquisa TOCA (Teatro do Oprimido no Cariri), pertence ao grupo pesquisa PETECA (Pedagogias do Teatro no Cariri), do Departamento de Teatro da URCA (Universidade Regional do Cariri).

Os estudantes iguatuenses puderam conhecer o Centro de Artes da URCA – Universidade Regional do Cariri, as atividades cotidianas do espaço e se apresentar no Teatro da Instituição. De acordo com a secretária da Educação do município, Elizangela Medeiros, o momento também se configurou uma aula de campo interdisciplinar, uma vez que o momento fomenta o processo ensino-aprendizagem para além das paredes das escolas.