Iguatu reúne municípios da região Centro-Sul em Reunião Itinerante do Comitê Integrado de Convivência com a Seca do Estado do Ceará

Na manhã dessa segunda-feira, dia 22, Iguatu recebeu diversas cidades da região em um encontro itinerante com o Comitê Integrado de Convivência com a Seca do Estado do Ceará. O encontro aconteceu no auditório do Campus Descentralizado Humberto Teixeira, com o objetivo de ouvir as principais dificuldades enfrentadas em decorrência da longa estiagem e adotar medidas a fim de amenizar seus efeitos.

Durante o evento, foi traçado um panorama geral da situação dos açudes que abastecem a região Centro-Sul e Vale do Salgado. A Prefeita do Icó, Laís Nunes, relatou o estado crítico do Açude de Lima Campos que abastece os municípios do Vale do Salgado e parte do Quixelô, localizado no Centro Sul cearense. De acordo com a prefeita desta cidade, Fátima Gomes, a situação dos quixeloenses é preocupante.

O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, apresentou ao Comitê um estudo realizado no início deste ano pela equipe de geólogos e agrônomos da prefeitura que demostrou a presença de um aquífero nas proximidades da lagoa do Julião e falou a importância do encontro. “Estamos vivendo uma seca histórica. Há muitos anos não se vê uma estiagem tão prolongada como esta. Por isso, é de extrema importância este encontro, para debater ações de combate à seca”, afirmou Lavor.

De acordo com o Secretário da Agricultura e Pecuária de Iguatu, Hildernando Barreto, esse aquífero poderá garantir aos iguatuenses água potável em abundância para o suprimento das necessidades do município caso o açude Trussu entre em colapso.

O Secretário Estadual do Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira, destacou algumas metas alcançadas pelo Governo do Estado, como a perfuração de poços, a construção de cisternas bem como a implantação de sistemas de abastecimento de água e novos projetos em andamento.

Representantes de diversas cidades da região se pronunciaram durante o evento, apresentando suas dificuldades, sugestões e solicitando resolutividade por meio de ações emergenciais para garantir a sobrevivência dos agricultores.

Participaram do encontro representantes de instituições interessadas diretamente com a questão hídrica, a exemplo da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário – SDA, Ministério do Desenvolvimento Agrário, Saae, Ematerce, Cogerh, Conab, Funasa, Defesa Civil do Estado do Ceará, Corpo de Bombeiros, Cagece, Bacia do Alto Jaguaribe, Dnocs, entre outras.

Também participaram do encontro a deputada Estadual, Mirian Sobreira, a Secretária Especial de Políticas Sobre Drogas, Aline Bezerra, secretários municipais de Iguatu e região, vereadores, além de outras autoridades.