Iguatu sedia Oficina Regionalizada do AEPETI

O encontro acontece nos dias 23 e 24 deste mês no Teatro Pedro Lima Verde. Trata-se de mais uma ação da Campanha Estadual Pela Erradicação do Trabalho Infantil, desenvolvida pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) com o objetivo de monitorar as ações desenvolvidas pelos municípios de Iguatu, Acopiara, Boa Viagem, Icó, Mombaça, Pedra Branca, Quixadá, Quixeramobim e Senador Pompeu.

Vale ressaltar que o Ceará reduziu, de 2014 para 2015, de 144.637 para 73.895, o equivalente a 49%, o número de crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos em situação de trabalho infantil e saiu da 20º para a 24º posição no ranking dos estados com maior incidência de casos de exploração.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNADs 2014-2015), realizada pelo IBGE, e demonstram o resultado das ações de sensibilização, monitoramento e planejamento realizadas pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), junto aos municípios com maiores índices de crianças e adolescentes em condição de trabalho infantil.

O evento contou com a presença da Coordenadora da Proteção Especial, Mônica Feitosa; da Orientadora de Célula da Atenção a Média Complexidade, Heurenice Souza; do presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Edvaldo Ferreira; além de secretários municipais, vereadores e representantes da sociedade civil organizada.

O secretário adjunto da Assistência Social, Cristiano Martins, destacou a importância da discussão do tema. “Esse é um debate importante porque estamos lidando com o futuro das nossas crianças e adolescentes. É preciso estarmos atentos aos índices e erradicarmos de vez o trabalho infantil”, frisou.