Iguatu será a cidade mais beneficiada com o Minha Casa, Minha Vida: 899 unidades habitacionais

Mais 2,7 mil unidades do programa Minha Casa, Minha Vida serão construídas no Ceará. A autorização foi dada pelo Ministério das Cidades, que liberou a contratação de mais 54 mil unidades habitacionais destinadas à Faixa 1 do programa em todo o País, das quais 2.735 são no Ceará. Destas, 899 são para Iguatu.

Para o Residencial Iguatu de Um Novo Tempo I (Vila Cajazeiras) serão 300 unidades, no Residencial Iguatu de Um Novo Tempo II (Vila Cajazeiras) serão construídas mais 300. Outras 299 dizem respeito ao Residencial Benderville Iguatu II (próximo ao Clube dos Comerciários). A empresa responsável pelos dois primeiros é a Elite Engenharia, a do último será a empresa Benderpar Incorporações.

Conforme o governo federal, deve ser seguido um cronograma para o cadastramento das propostas e análise da Caixa Econômica Federal, antes da efetiva contratação junto às empresas. Os contratantes terão 30 dias para comprovar as informações inseridas nos Formulários de Qualificação Inicial, 90 dias para apresentar anteprojeto e estudo de viabilidade da obra e mais 180 dias para juntar todas as condições indispensáveis à contratação.

Essas contratações dizem respeito ao segundo lote de moradias do Minha Casa, Minha Vida que devem beneficiar famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil. Segundo o Ministério das Cidades, tal medida autoriza que seja cumprida a meta estabelecida pelo governo para este ano, com 100 mil unidades habitacionais.

De acordo com o prefeito Ednaldo Lavor, o município necessita dessas novas moradias. “Com a execução deste projeto, as condições de vida daqueles que não têm como adquirir a casa própria pagando caro, agora irão melhorar porque poderão adquirir a preços populares”, disse o gestor.