Palestra na Crede 16, em Iguatu, com monitores bolsistas, discute educação inclusiva, na educação infantil

Pelo menos 150 monitores bolsistas universitários cadastrados na Prefeitura de Iguatu estão participando durante esta quinta-feira (28), na CREDE 16, de uma capacitação objetivando desencadear uma reflexão sobre a educação inclusiva, na educação infantil. 

 
A ação está sendo coordenada pela Faculdade Vale do Salgado em parceria com as secretarias da Educação e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Iguatu. 
 
De acordo com a secretária Cida Albuquerque (Ciência, Tecnologia e Ensino Superior), a proposta é no sentido de pensar junto aos bolsistas universitários de Iguatu nas mudanças necessárias desde a educação infantil, por ser esta a primeira etapa da educação básica e período crítico no processo de desenvolvimento e aprendizagem de crianças com deficiência. 
 
“A construção da escola inclusiva desde a educação infantil implica em pensar em seus espaços, tempos, profissionais, recursos pedagógicos etc., voltados para a possibilidade de acesso, permanência e desenvolvimento pleno também de alunos com deficiências, alunos esses que, em virtude de suas particularidades, apresentam necessidades educacionais que são especiais. “Eu costumo dizer que o município é o laboratório das universidades e a universidade tá produzindo, mais ela precisa aprender a colocar em prática e que o município de Iguatu seja esse laboratório”, finalizou Cida.