Prefeito Ednaldo Lavor se reúne com SINPROFI para discutir pauta de reivindicações e define avanços para servidores

O prefeito Ednaldo Lavor, participou desde o início da manhã de hoje (5) de reunião e em seguida de uma Assembleia Geral com representantes do SINPROFI e demais professores da rede municipal de ensino de Iguatu. O objetivo foi discutir uma longa pauta com a classe e dentro das possibilidades da administração atendê-las. “Diria que foram dois momentos muito importantes tanto para o Governo Municipal como para os professores. Acredito de todos ficaram felizes”, disse Ednaldo Lavor.

Vamos a alguns pontos da pauta que foram resolvidos:

1 – Em relação a data base de pagamento, conseguimos em comum acordo com o Sindicato e professores estabelecer a data 03 do mês subsequente para pagá-los.

2 – No que diz respeito ao Anuênio que estava congelado desde 2007 pelo então prefeito Agenor Neto, assumimos o compromisso em descongelá-lo, bem como realizar o pagamento de 50% em outubro de 2019 para os professores e de forma integral, a partir de novembro de 2019. O impacto mensal na folha vai girar em torno de R$ 350 mil.

3 – Reajuste de 4,17%, retroativo a 1° de janeiro de 2019, inclusive a matéria já foi aprovada pela Câmara Municipal de Iguatu. O reajuste foi o mesmo proposto pelo Governo Federal. Vale destacar que em 2018 o reajuste foi de 7%, na época, superior ao definido de 6,81% pelo Governo Federal. Lembramos que os gestores anteriores davam reajuste sempre a partir de março e parcelavam os meses anteriores. Na nossa administração o reajuste sempre acontece dentro do mês de janeiro sem nenhum prejuízo para o professor.

4 – Em relação as progressões, respeitamos a todas conforme estão previstas no PCRM.

5 – Sobre um terreno para o SINPROFI, a área já foi escolhida e o Termo de Doação já foi encaminhado para a Câmara para ser apreciado e votado pelos senhores vereadores.

6 – Sobre a estrutura das escolas, será designada uma equipe de manutenção interna para tratar especificamente da recuperação e manutenção das escolas de maior prioridade.

7 – No que diz respeito a reestruturação do PCRM, ficou agendada para o dia 28/03/2019 uma reunião a fim de apresentarmos resposta as alterações propostas pela categoria através da Comissão de Reestruturação.

8 – Na pauta que trata sobre 15 dias de férias em janeiro a todos os profissionais do magistério, ficou definida que será composta uma comissão de trabalho para estudo da legislação atual, a fim de constatar possibilidade jurídica para concessão deste benefício aos profissionais do magistério em situação de readaptação ou lotados em salas de multimeios.

9 – Sobre os consignados da Secretaria de Educação, a Prefeitura deixou bem claro que tudo está rigorosamente em dia.

10 – Em relação ao Tempo Integral, foi fechado o seguinte: Educação Infantil – início em 11/03/2019 e
Ensino Fundamental, será implementada de forma progressiva após o início da Educação Infantil.

CLOSE
CLOSE